Sunday, February 12, 2006

Correr riscos!


"Rir é correr o risco de parecer louco
Chorar é correr o risco de parecer sentimental
Ajudar o outro é correr o risco de se envolver
Manifestar os sentimentos é correr o risco de expor o eu verdadeiro
Apresentar as ideias e os sonhos diante da multidao é correr o risco de perde los
Amar é correr o risco de nao ser amado em troca
Viver é correr o risco de morrer
Esperar é correr o risco de desesperar
Experimentar é correr o risco de falhar
Mas há que correr riscos, porque o maior risco da vida é nao correr nenhum risco.

Quem nao corre nenhum risco, nao faz nada, nao tem nada e nao é nada.
Pode evitar o sofrimento e a dor mas, simplesmente, nao pode aprender, nem sentir, nem mudar, nem crescer, nem amar, nem viver. Acorrentado á sua certeza, é escravo, perdeu a sua liberdade.
Só a pessoa que corre riscos é livre!!!!"

Autor desconhecido

As pessoas entram na nossa vida por acaso , mas nao é por acaso que nela permanecem!

3 comments:

marta said...

Há sempre um risco!!!!

De todos eles,o melhor é sempre o que está para vir ;)

Riscando a vida,arriscando os momentos!

Sê FELIZ!!!

sara said...

Acho que és imbatível no que respeita a "arriscar".
Por mim estou por aqui para aplaudir os sucessos e colar os estilhaços!

:-)

susana said...

"I guess what I'm trying to say is, I don't think you can measure life in terms of years. I think longevity doesn't necessarily have anything to do with happiness. I mean happiness comes from facing challenges and going out on a limb and taking risks. If you're not willing to take a risk for something you really care about, you might as well be dead."

Diane Frolov and Andrew Schneider,
Northern Exposure,
Northern Lights, 1993